Imperative mood

Classified in Language

Written at on English with a size of 14.74 KB.

 

Imperative

Trabalha
Trabalhai

We keep a classificação em nossa análise traditional imperative that puts em um modo or part, other than do the indicative and subjunctive. Uma análise do use imperative, porém, ele mostra que us approaches do subjunctive mood. Or used to express imperative é ordem, da ação concretização pela appeal. Ora, ações não quer falante made it or see hair typically accomplished expressos são subjunctive mood. Classified or imperative mode próprio em um devido a algumas peculiarities as o fato desse tempo to be used encaixar não somente em phrases.

O imperative flexes second só tem que são pessoa em used only affirmative sentences. To construct negative sentences ou em outras pessoas, mas com as do typical imperative, use do-it flexes as present subjunctive.

Encourage ação

To express ordem, exortação, I appeal à segunda pessoa do speech pela realização da ação use or imperative. Examples:

Cumprir as tarefas cabem you.

Deixa passar um tempo so that poeira assente.

Experience this drink.

Present subjunctive imperative O eo

Or present subjunctive é usado em aos do similar contexts imperative. Ocorre Isso quando em ou negative phrases or verb is flexed ou terceira em primeira pessoa. Watch series:

Luta pelos teus direitos.
Vossos pelos direitos Lutai.

Lute pelos seus direitos.
Lutemos pelos nossos direitos.
Lütem pelos seus direitos.
Não esqueça do teu compromisso.
Não esqueça do seu compromisso.
Não esqueça dos nossos compromissos.
Não esqueçais two vossos compromissos.
Não ESQUEÇAM dos seus compromissos.

As duas primeiras use or imperative sentences, pois são eo affirmative verb is flexed em segunda pessoa. Nas demais da série phrases, or empregou present subjunctive-se, pois são negative ou ou outra pessoa que não apresentam to second.

A interseção of uses between present subjunctive or imperative eo explained historically. Os dois são tempos originating verbais do Latimer. Neste language, or flexes affirmative imperative apresentava só pessoa second. Na formação do português, tornou-se comum o emprego em função da terceira pessoa second. Com isso, or use two verbais tempos foi à necessidade adapted to incite à ação em terceira pessoa. Também foi uma solução maid to incite à ação a primeira pessoa do plural. O resultado foi um em que o verbal system suppressor present subjunctive as imperative lacunas do. Usa-se o present subjunctive semper que não é a necessidade semântica hair attended mandatory.

Had decrease devido ao do uso da segunda pessoa em português, do use as regras não são perfeitamente imperative assimilados by boa parte dos falantes. Barnacle-se isso mesmo em formais contexts seen em mais estritamente a variant cultured. Dizer em que É difficult measure to use as regras são do imperative followed colloquial fala na mas provavelmente é que as swaps Indeva hair imperative subjunctive sejam do comuns, reproduzindo na expressão happens or formal.

O tempo category imperative ea

O tempo em imperative and indeterminate. As used to incite à é ação, know-is that realizou ação ainda não se e, se vier to be later be made emissão da sentence. De certa way, or future um porta implicit imperative.

Verbais Tempos do Subjuntivo:



01) Present:

Indicates desejo atual, which ocorre dúvida no momento da fala.

Ex Espero que eu caminho no ano que vem enough.

O meu desejo é que eu ainda Maxi Estude no.

Duvido confide that nele novamente eu.

02) Past Imperfeito:

Indicates condição, hipótese, typically é usado com o Futuro do Indicativo Pretérito do.

Ex. Caminharia todos os dias Eu, se não trabalhasse both.

Maxi Estudaria not be morasse em Londrina.

Eu mais uma vez trust naquele friend, ele não mais me prometesse Traira me.

03) Future:

Indicates hipótese future.

Ex eu começar a caminho Quando todos os dias, feel-me-ei melhor.

Quando eu estudar no Maxi aprenderei mais coisas.

Quando ele não me promise that I Traira mais, Voltarei to trust nele.





Or so imperative

Or so imperative expressa ordem, order or conselho

Ex Caminho todos os dias, para a saúde melhorar.

Estude not Maxi! Trust em mim!

Coerência E Coesão
A fala e também o Constituem-written text was não apenas palavras ou numa sequence of sentences.A sucessão de coisas ditas written form uma cadeia ou que vai muito além da seqüencialidade simple: há um entrelaçamento significant that approximates as forming parts ou do falado written text. Os linguistic mechanisms to conectividade ea estabelecem retaken and garantem relating to coesão textuais são os. Each uma das coisas ditas Establishes sense and meaning relações com os both elements that com os antecedem as that sucedem, significant textual Construindo uma cadeia. Essa coesão, which gives text unidade ao, vai sendo built and is evidence of different hair emprego procedimentos both field do not lexically, does not grammar. (Não esqueça that num text, não existem ou não deveriam dispensáveis elements exist. I vão Construindo elements or text, e são as Articulações between vocabular between oração as partes de uma, entre as Orações and between paragraphs that you determinam to referenciação , and connected and you contatos estabelecem ao sense everything.)
Special Atenção focusing instead that you procedimentos garantem coesão ao e coerência text. São esses that desenvolvem procedimentos a dinâmica garantem to progressão articulating and textual.
A linguistic manifestação coesão é a da coerência e nas relações performed between sucessos elements (articles, pronomes adjectives, nouns adjectives em relação aos; forms sujeitos verbais em relação aos; verbais tempos nas relações do espaço-temporais constituent text etc.), Na organização periods of paragraphs, das partes do all as forming uma cadeia can sense apresentar e desenvolver um tema ou um as text units. Built gramaticais e com os lexicais mechanisms, formal unidade confere ao text.
1. Consider-se, initially, no apoiada coesão lexicon. Ela pode dar-se pela reiteração, substituição e pela pela associação.
É com o emprego guaranteed by:
· · Phrases by semantic links meio da repetição. A mensagem do texto apoiada-topic na conexão of lexical items sucessos pode dar-se por simple iteração (repetição). Cabe, nesse caso, fazer-se a simple redundancy diferenciação between a poverty of vocabulary result gives eo emprego de repetições as a stylistic device, com intenção joint. Ex: As contas do patrão were different, arranger or ink and against vaqueiro, but knew that elas estavam Fabiano eo wrong was I kidding-lo.Enganava patrão. Barren Lives, p. 143);
· Substituição lexical, that is given as much hair as synonyms emprego quase palavras synonymous. Considerem-se aqui além das palavras synonymous, that result from ideological families and do associativo field, for exemplo, esvoaçar, revoar, voar;
· Hippo (relações de um termo specific meaning com um termo geral, ex.: Cat, feline) and hyperons (relações de um termo mais sense amplo com outros mais specific meaning, ex.: Cat, cat);
· Nominalizações (quando um fato, uma ocorrência appears em and verb form, mais adiante, reappears as a noun, ex.: Consertar, or Conserto, travel, viagem). É-is necessary to distinguish between nominalização estrita e. generalizações (ex.: o cão <or animal) and especificações (ex.: ground> árvore> Palmeiras);
· Substitutes universais (ex.: João trabalha muito. Também or faço. O verb verb fazer ao trabalhar em substituição);
· Statements that estabelecem to global recapitulação da idéia. Ex: O curral desert, or ruined chiqueiro e também das desert goats, do vaqueiro dated home, tudo anunciava abandonment (Vidas Secas, p.11). Esse é chamado set of conceptual anaphora[2]. All previous statement ea idéia um global ele são taken up by refere que os outro statement summarizes e / ou interpreted. Com esse action-is as spare me repetições e faz-se o avançar speech, mantendo-se sua unidade.
2. A grammar coesão apoiada na dá-se no use of:
· · Certos pronomes (pessoais, ou adjectives, nouns). Destacam-se aqui os pronomes pessoais de terceira pessoa, empregados as substitutes for text elements not previously present, distinguishes two pronomes 1st and 2nd that referem à pessoa pessoa that fala e fala com quem this.
· Certos adverbs and expressões adverbiais;
· Artigos;
· Conjunções;
· Numerais;
· Ellipses. The ellipse is justified quando, ao-a-tuck preceding sentence, a palavra é easily elided identificável (Ex: O jovem recolheu-se cedo. ... I knew ia necessita de todas as suas forças. O jovem deixa thermos or be Repeated e, assim, Establishes a relação entre as duas ORAC.). É a própria ausência do thermos brand inter-relação. A identificação pode dar-se com o próprio statement, as no previous exemplo, ou com extraverbais elements, exterior ao statement. Vejam-se os em notices public places (ex.: Perigo!) E as exclamatory sentences that remetem a uma situação não-verbal. Nesse case, articulação is between text and context (extra-textual);
· As matches;
· To correlação entre os tempos verbais.
I dêiticos exercem, par excellence, essa função of textual progressão given sua characteristic elements não são significam, just indicam, remetem aos da situação communicative components. The components focusing instead Já em if Significação. Participants Referem you do ato de comunicação, o momento da eo enunciação place.
Elisa Guimarães Ensino a respeito two dêiticos:
I pronomes pessoais e as ending verbais indicam ato do you do speech participants. I pronomes demonstrative, and prepositional locuções adverbiais certas, bem como os tempo adverbs, or referenciam momento da enunciação, podendo indicate simultaneidade, anterioridade ou posterioridade. Assim: this, agora, hoje, neste momento (this); lately, recently, ontem, há alguns dias, before (past tense); de agora em diante, not next year, depois of (future) [3].
Maria da Graça Costa Val lembra that expressam resources esses relações entre os não só no elements inside uma frase, mas também between sequences of sentences and phrases within text um [4].
Não só a coesão explicit um Possibilita to compreensão of text. Muitas vezes a comunicação se faz meio de uma coesão by implication, apoiada no previous mutual conhecimento que os têm communicative participants do processo da língua.

Entradas relacionadas: